quinta-feira, 26 de abril de 2018

Mal te lembro, flor...


 
 
Quis saber quem sou
O que faço aqui
Quem me abandonou
Porque não flori
Perguntei porquê
Ninguém respondeu 

E o caminho
Escurece
Tudo esquece 

Onde estás abril?
Quando vais chegar?
Só nos sobra a dor
Já não há sonhar

Mal te lembro, flor…

Sem comentários:

Enviar um comentário