quarta-feira, 15 de outubro de 2014

agentada


cheguei a casa e fiz o que não pude evitar… - pousar compras, abrir a torneira ao gato,… - foi breve, era desta que ia descansar… despi-me, dei uma refrescadela e vesti um pijama… deitei-me…
pensei por uns minutos, os pensamentos voaram… levantei-me e fui ver de jantar… arrumei e comi, já no pc, a despachar uns pedidos…
animei umas pessoas e, depois, vi-me caída no rame-rame dos outros dias, pensando que, agora, a crise de domingo às 18 chegava em todos os dias da semana, mais vazios de pessoas, apesar do dia mergulhada no meio de gente…
o cansaço é o pior inimigo do Ser… é com ele que nos dominam e nos fazem gente, impedindo que pensemos…
exausta, hesito entre o sono (que será) interrompido (se começado!) e a tentativa de encontrar nessa coisa a que chamam televisão, algo mais do que o que me acompanha, em fundo, no pc… (a horas de gente [com aspiração a (voltar a ser) pessoa])
.

Sem comentários:

Enviar um comentário