domingo, 16 de fevereiro de 2014

...um autor,

que os livros não lhe li.
(corre vida corre, acho que te vou deixar correr sozinha!)
Mas, a vontade foi hoje despertada.

http://www.dn.pt/revistas/nm/interior.aspx?content_id=2978102&fb_action_ids=10202203746949176&fb_action_types=og.likes&fb_source=other_multiline&action_object_map=[513003108720260]&action_type_map=[%22og.likes%22]&action_ref_map=[]
 
Ele é mesmo assim.
É mesmo um poeta.
 (diz António de Castro Caeiro, professor de Filosofia e Grego na Univ. Nova de Lisboa,
 melhor amigo do escritor) 
Paulo José Miranda, o poeta exilado,
O escritor que perdeu a pátria

...e convido-vos a ver o trabalho de Joana Emídio Marques, no Notícias Magazine     (clicando na foto)

Sem comentários:

Enviar um comentário