quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

sms

queria parar o tempo
parar tudo
poder pensar
luxo
pensar é um luxo
penso bibliotecas inteiras num só dia
mas fogem as palavras na solidão

parar
de correr atrás de nada
para lugar nenhum
sem destino
sem fim
sem crença
que essas
perdem-se em cada dia

não ter prazo
nem tarefas inglórias
ditadas por aventesmas
que foram erguidas para os degraus de cima
e cospem e escarram
sem mais utilidade

e talvez quisesse
que escrever estas linhas em dois minutos 
não fossem estranheza para ninguém
pois
assim
haveria alguém com quem as fazer som

Sem comentários:

Enviar um comentário