quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

natal -6 (aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai!)

pois, a vida não pára e o dia da ceia está a chegar...
No meio de tudo o que já havia e aquilo que surge sempre, da vontade de dar os mimos personalizados, feitos pelas nossas mãos, que ninguém terá igual e...

...o parafuso que desapareceu, a cola que pespega, o livro que guardámos tão bem quando o vimos e era mesmo a cara da sobrinha, da amiga, do..., que não achamos em lado nenhum, a tinta que resolveu secar mesmo agora... - ficamos com aquela sensação que os chineses até têm umas coisas jeitosas, já que outro comércio quase se extinguiu e o shopping está cada vez mais longe, nas horas curtas que (não) sobram (para aquela minha amiga que odeia chineses: há os chineses que vieram viver e os outros, que têm uma casa porca-nunca-limpa-desde-que-abriu, que comem ao balcão, põem os putos a mijar - e não só - no balde debaixo do balcão... - refiro-me aos primeiros, claro)...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai, onde raio estará o parafuso, nada normalizado, que me desapareceu da caixinha que decorei com uma découpage cafeína, para a pessoa "x" pôr as cápsulas de café? Safa!

Sem comentários:

Enviar um comentário