segunda-feira, 23 de setembro de 2013

diário de uma mulher normal, 15 de setembro

Já tocava meio-dia, quando ainda agarrava a esfregona, a meio de lides nunca acabadas de dona-de-casa... O suor escorria, como se quisesse impor a prova do esforço!
Afinal, há sempre mais e mais que limpar, quando todos pingam, pisam, sujam e ressujam... - há que saber quando parar!

Já as patinhas almofadadas que contribuem para a sujidade, dormem, serenamente, no seu sítio de eleição. Ora, eu devia seguir o seu exemplo, mas, reaprender a descansar é difícil!

Tentemos, que o corpo pede e a alma também :)

Muitas horas depois... nada de sestas e o fim-de-semana no fim...
A noite? - mas será que o mês dos gatos mudou? Miados externos ativaram a atividade dentro de portas e, safa, será que hoje não durmo?

Sem comentários:

Enviar um comentário